Livro ‘O Novo Municipalismo’ lança luzes sobre relações governo-municípios
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Livro ‘O Novo Municipalismo’ lança luzes sobre relações governo-municípios

José Tomazela

03 de dezembro de 2021 | 15h03

A trajetória do movimento municipalista no Brasil, desde os conceitos praticados pelo governador de São Paulo, André Franco Montoro, que chefiou o Executivo paulista de 1983 a 1987, até os dias de hoje, é o tema central do livro “O Novo Municipalismo”, lançado nesta quinta-feira, 2, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo. O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, é o coordenador e um dos autores da obra, editada pela Ex-Libris, que traz contribuições de outros nove especialistas e estudiosos do tema.

Entre os coautores está o professor de Administração Pública, Fernando Montoro – um dos filhos do ex-governador paulista, já falecido. Ministro da Saúde na gestão do então presidente Fernando Henrique Cardoso, o economista Barjas Negri, ex-secretário de Habitação de São Paulo e ex-prefeito de Piracicaba, também deu sua contribuição para a obra, assim como o economista Andrea Calabi, ex-secretário do Tesouro Nacional, que presidiu o Banco do Brasil e o Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Figuram ainda como coautores Marcos Campagnone, Glaucio Neves, Rosane Ribeiro, Fred Guidoni, Renan Bastianon e Sebastião Misiara.

O livro lança luzes sobre as diversas iniciativas estruturantes do governo paulista atual, de João Doria, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional, como “Parcerias Municipais”, “Cidades Inteligentes”, “Municípios em Rede”, “SP + Consórcios” e o projeto da nova regionalização do Estado. A ideia de desenvolver e lançar a obra partiu do próprio Vinholi, descrito como um paulistano que está sempre com os pés no interior, devido à intensa relação as prefeituras municipais.

Ele foi incentivado por prefeitos a compartilhar com as cidades paulistas e prefeituras de outros estados as experiências desenvolvidas em São Paulo de descentralização da administração pública que fortalecem o municipalismo. “André Franco Montoro pensou em municipalismo há quatro décadas. Hoje, continuamos usando e valorizando o conceito, ao passo que o tornamos ainda mais ágil, por meio da utilização da tecnologia que está ao nosso alcance”, disse Vinholi.

O compartilhamento eficiente de programas reduz distâncias e acelera os resultados, segundo ele. O livro foi produzido ao longo dos últimos seis meses. A noite de autógrafos, com protocolos sanitários devido à covid-19, reuniu gestores municipais e prefeitos do interior.

Marco Vinholi na noite de autógrafos do livro ‘O Novo Municipalismo’, em São Paulo. Foto Divulgação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.