‘Legado das Águas’ doará mudas para herbário de Sorocaba
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Legado das Águas’ doará mudas para herbário de Sorocaba

José Tomazela

16 de março de 2015 | 20h05

 

Reserva Legado das Águas

Plantas nativas da Mata Atlântica coletadas na reserva ‘Legado das Águas’, mantida pela Votorantim na Bacia do Rio Juquiá, entre as cidades de Tapiraí, Juquiá e Miracatu, no Vale do Ribeira, vão compor o acervo do herbário municipal no Jardim Botânico de Sorocaba. Protocolo visando à transferência de mais de 700 espécimes para o centro de visitação e pesquisa da cidade de 630 mil habitantes foi assinado no último sábado (14), em Sorocaba.

A seleção das amostras é resultado de dois anos de trabalho de campo realizado na reserva por pesquisadores do Esalq (Piracicaba), Unicamp (Campinas) e USP (São Paulo) sob a coordenação do professor Ricardo Roberto Rodrigues, do Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal da USP.

As amostras serão doadas na forma e exsicata, método que reúne, além da planta seca, várias informações científicas das espécies para estudos e pesquisas. De acordo com David Canassa, gerente geral de Sustentabilidade da Votorantim, será uma forma de compartilhar o conhecimento científico produzido na reserva com escolas e universidades da região.

A assinatura do protocolo ocorreu quando o Jardim Botânico completava um ano da inauguração. A reserva possui 31 mil hectares de mata preservada desde a década de 1950, quando a Votorantim iniciou a aquisição de terras na região para proteger as nascentes dos rios que fornecem água para as sete usinas hidrelétricas instaladas na região.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: