As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Indaiatuba busca recorde com plantio de 110 mil mudas em represa

José Tomazela

24 de setembro de 2015 | 14h51

O município de Indaiatuba prepara o plantio de 110 mil mudas em um único dia, às margens da represa do Rio Capivari-Mirim, na zona rural. Na data, 28 de novembro, auditores do Guiness Book, o livro dos recordes, estarão no local por solicitação da prefeitura para acompanhar o evento. Dependendo do tempo, o plantio de Indaiatuba pode figurar no Guiness.

A vizinha Itu entrou no livro em 2008, após plantar 30.550 mudas em 45 minutos. No mesmo ano, Fortaleza (CE) registrou o plantio de 65 mil mudas em 23 minutos. Peruíbe, no litoral sul paulista, plantou 2.094 mudas da mesma espécie, manacá da serra anão, em apenas 40 segundos.

Além da disputa, o que está em jogo em Indaiatuba é preservação de um importante manancial para o abastecimento da cidade. A barragem do Capivari-Mirim vai garantir a reserva de 1,3 bilhão de litros para abastecer a população nos próximos anos. O lago está em fase de enchimento. Trata-se do primeiro grande reservatório para abastecimento público construído após a crise hídrica de 2014.

De acordo com a prefeitura, as 110 mil mudas de espécies nativas vão formar uma densa mata ciliar no entorno da barragem. Além de proteger o manancial do assoreamento, a mata servirá para a conservação da flora e da fauna regionais. Formará ainda um parque ecológico com trilhas, pista de caminhada, ciclovia e observatório.

Represa no Rio Capivari-Mirim, em Indaiatuba.

Reservatório da barragem do Rio Capivari-Mirim.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.