Filhotes de maritaca recebem cuidados em Jundiaí
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Filhotes de maritaca recebem cuidados em Jundiaí

José Tomazela

23 de janeiro de 2014 | 12h01

Quatro filhotes de maritaca, ave da família dos psitacídeos, estão sob os cuidados da ONG Mata Ciliar, em Jundiaí, após serem resgatados do telhado de uma casa. O dono do imóvel, em Várzea Paulista, pediu que os filhotes fossem retirados ainda implumes, na quarta-feira (22), porque estavam expostos ao ataque de gatos. Agentes da Guarda Ambiental local removeram as avezinhas.

A ONG vai cuidar dos filhotes até que aprendam a voar e possam ser soltos na natureza. As maritacas, também conhecidas como bico-torto ou baitaca, são menores que os papagaios e se alimentam de frutas e coquinhos. De acordo com a Polícia Ambiental, essas aves são muito comuns e têm facilidade para se adaptar aos ambientes urbanos.

Como são animais silvestres, a caça e o abate são proibidos e constituem crimes previstos na legislação ambiental. Se forem encontrados ninhos na área urbana, estando em lugar seguro é preferível deixar que os filhotes cresçam e voem naturalmente. Se estiver em local de risco, a Polícia Ambiental deve ser acionada para fazer a retirada com segurança.