As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estado ainda tem 25 cidades com homicídio zero

José Tomazela

27 de agosto de 2013 | 11h52

 

Moradores de 25 pequenas cidades do Estado de São Paulo ainda não sabem o que é conviver com a violência dos homicídios. Desde 2001, quando a Secretaria da Segurança Pública do Estado começou a divulgar as estatísticas da criminalidade, esses municípios não registram crimes de morte. São Paulo tem 645 municípios, incluindo a capital.

O número de cidades com homicídio zero era maior até abril deste ano, quando a pequena Uru, com 1.246 habitantes na região de Bauru, registrou o primeiro caso de assassinato. Em junho, foi a vez de Rubiácea, 2.765 habitantes, na região de Araçatuba, ingressar no mapa da violência com o primeiro homicídio.

No total, o Estado já registrou 2.549 homicídios este ano, segundo estatística da Secretaria. No ano passado, quando o Estado somou 4.836 homicídios, oito cidades paulistas tiveram crimes de morte pela primeira vez.

As cidades que ainda detêm índice zero de homicídios são Águas de São Pedro, Anhumas, Bento de Abreu, Borebi, Caiabu, Cruzália, Dirce Reis, Dolcinópolis, Fernão, Gabriel Monteiro, Lourdes, Marapoama, Nipoã, Nova Guataporanga, Pracinha, Presidente Alves, Quintana, Ribeirão dos Índios, Santa Salete, São João do Pau D’Alho, Sebastianópolis do Sul, Trabiju, Turiuba, União Paulista e Zacarias.

 

Tudo o que sabemos sobre:

homicídiosSegurança Públicaviolência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.