Empresas assumem obra de R$ 1 mi em rodovia estadual de Itu
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Empresas assumem obra de R$ 1 mi em rodovia estadual de Itu

José Tomazela

05 Julho 2016 | 18h06

Duas empresas do setor imobiliário vão investir R$ 1 milhão na construção de um retorno e acesso a bairros no km 53 da rodovia Waldomiro Corrêa de Camargo (SP-79), em Itu. A rodovia que liga Itu a Sorocaba está sendo duplicada, mas as obras estão paralisadas desde março de 2015. Quando foi lançada em 2012, deveria ser concluída até 2014. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) alega problemas com as desapropriações.
A construção do retorno atende ao interesse das empresas, que empreendem um loteamento com 391 unidades na área, mas foi autorizada pelo DER. Um termo de compromisso foi firmado entre o departamento estadual e a prefeitura de Itu. O município tem interesse na construção do retorno porque reduz em 12 quilômetros o acesso ao loteamento Una e os bairros adjacentes. As obras foram lançadas na quinta-feira (30) e ficam prontas em 90 dias.
Já as obras no trecho que falta para a duplicação da rodovia, que depende de recursos estaduais, não têm prazo para serem retomadas. O DER informou que aguarda a decisão judicial sobre os processos de desapropriação para dar prosseguimento aos serviços que, segundo o órgão, foram executados em mais de 96% do trecho. “Em relação à rotatória, esclarecemos que a obra foi devidamente autorizada pelo órgão a custeada pelo condomínio, e tem o objetivo de melhorar a segurança de todos os usuários da região”, informou.

Rodovia Sorocaba - Itu em trecho duplicado.

Rodovia Sorocaba – Itu em trecho duplicado.

Mais conteúdo sobre:

DERduplicaçãoItuSorocaba