Cai para 23 número de cidades sem homicídio no Estado
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cai para 23 número de cidades sem homicídio no Estado

José Tomazela

26 Novembro 2013 | 14h49

O assassinato de um caseiro com dois tiros, no final de setembro, tirou a cidade de Dirce Reis, de 1.692 habitantes, na região de São José do Rio Preto, da lista de municípios com homicídio zero no Estado de São Paulo. Agora, apenas 23 entre os 645 municípios paulistas não tiveram registro de homicídio doloso desde que a estatística foi iniciada, em 2001, pela Secretaria da Segurança Pública do Estado. Em agosto, o município de Quintana, 6.050 habitantes na região de Marília, já havia saído da lista: numa briga envolvendo quatro menores, um deles, de 15 anos, foi golpeado com uma facada e morreu.

Em janeiro deste ano, o Estado tinha 27 cidades sem um único homicídio, mas duas entraram no mapa da violência durante o primeiro semestre. A pequena Uru, com 1.246 habitantes na região de Bauru, teve o primeiro assassinato em abril. Dois meses depois Rubiácea, 2.765 habitantes, na região de Araçatuba, registrou o primeiro crime doloso de morte. Em janeiro de 2012, o Estado tinha 35 cidades sem homicídio.

A maioria das cidades que ainda mantêm índice zero de assassinato tem poucos moradores e fica longe da capital, como Dolcinópolis, com 2.090 moradores no extremo noroeste, a 620 km de São Paulo. A mais próxima, Águas de São Pedro, de 2.743 habitantes, está a 187 km da capital e fica próxima de grandes centros, como Campinas e Piracicaba.

Os quatro homicídios ocorridos este ano nas pequenas cidades foram esclarecidos e os autores, ou estão presos, ou respondem a processos. No caso de Dirce Reis, o autor dos disparos é capataz de uma fazenda e alegou que estava armado porque vinha sendo ameaçado. Ele atirou na vítima durante uma quermesse, no centro da cidade, e responde ao processo em liberdade. Os menores que mataram o adolescente em Quintana foram encaminhados para a Fundação Casa.

As outras cidades paulistas com homicídio zero são Anhumas, Bento de Abreu, Borebi, Caiabu, Cruzália, Fernão, Gabriel Monteiro, Lourdes, Marapoama, Nipoã, Nova Guataporanga, Pracinha, Presidente Alves, Ribeirão dos Índios, Santa Salete, São João do Pau D’Alho, Sebastianópolis do Sul, Trabiju, Turiuba, União Paulista e Zacarias.

 

 

Portal de Dirce Reis, última cidade a entrar no mapa da violência.

Portal de Dirce Reis, última cidade a entrar no mapa da violência.