Bauru vai restaurar estação da Sorocabana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bauru vai restaurar estação da Sorocabana

José Tomazela

13 Maio 2013 | 11h25

Um projeto desenvolvido pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Bauru, vai garantir a restauração da antiga estação da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS) na cidade. O espaço, até o momento desconhecido pela população, faz parte de uma área fundamental para a história local, mas está abandonado. De acordo com o professor Nilson Ghirardello, da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (Faac), responsável pelo projeto, a proposta é que o prédio seja usado de forma corrente e diária pelos moradores, por meio de uma parceria com o poder público.

O projeto, que envolve um diagnóstico geral do estado de conservação, proposta de restauro e de uso, foi encomendado pela Pateo Bauru Empreendimentos Imobiliários, com interveniência da Fundação para o Desenvolvimento de Bauru (Fundeb). A estação foi construída em alvenaria de tijolos aparentes, parte deles erodida pela ação do tempo. A estrutura, sólida e bem edificada, foi projetada para resistir aos impactos da trepidação produzida pelo transporte ferroviário. O prédio é tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Bauru (Condepac). O restauro deve começar este ano.

Construída em 1905, a estação Sorocabana é o primeiro prédio ferroviário de Bauru e marcou a chegada da estrada de ferro à cidade. No mesmo ano teve início a construção da Estrada de Ferro Noroeste. Cinco anos depois chegariam os trilhos da Paulista, consolidando uma gigantesca estrutura ferroviária na cidade.

………

Mais conteúdo sobre:

FundebRestauraçãoSorocabaUnesp