Barra do Ribeira ficará livre do esgoto em Iguape
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Barra do Ribeira ficará livre do esgoto em Iguape

José Tomazela

03 de novembro de 2014 | 15h49

     Um dos principais problemas de Barra do Ribeira, comunidade dedicada à pesca e ao turismo no município de Iguape, litoral sul de São Paulo, será finalmente resolvido. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) iniciou a construção de um sistema de esgotamento sanitário que, além dos três mil moradores locais, vai atender milhares de turistas que lotam pousadas e casas de veraneio durante a alta temporada.

     Serão construídas uma estação compacta de tratamento de esgoto e três estações elevatórias, além de 17,8 km de redes coletoras, 2,3 km de linhas de recalque e 1,2 mil ligações prediais. As obras, ao custo de R$ 13,8 milhões, devem ser terminadas até o final de 2015.

     Reivindicada há anos pelos moradores, a obra deve ter grande impacto para a qualidade de vida e o meio ambiente. Atualmente, o esgoto é lançado em fossas que acabam contaminando os lençóis freáticos, o rio e as belas praias da região.

     ROBALO – A comunidade é banhada pelo Oceano Atlântico e cercada pelo Rio Suamirim e pelo Ribeira de Iguape, que tem ali sua foz natural. Fica, ainda, encravada na estação ecológica da Jureia, um dos maciços de Mata Atlântica mais belos e conservados do Estado.

     No próximo dia 15, a comunidade realiza a vigésima edição da tradicional Festa do Robalo. O peixe, muito apreciado, vive em estuários e costuma subir o rio para desovar – a pesca ocorre após a desova. O Ribeira é o único grande rio paulista que deságua no litoral de São Paulo.

 

Praia na Barra do Ribeira – Foto Sérgio Cubas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: