Aos 488 anos, São Vicente defende título de cidade mais antiga do Brasil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aos 488 anos, São Vicente defende título de cidade mais antiga do Brasil

José Tomazela

22 de janeiro de 2020 | 14h01

Fundada em 22 de janeiro de 1532, São Vicente comemora os 488 anos de fundação nesta quarta-feira (22) defendendo o título de cidade mais antiga do Brasil. A primazia é reivindicada também por Cananeia, localizada mais ao sul do litoral de São Paulo.
A povoação de São Vicente remonta a 1502, quando uma expedição de Gonçalo Coelho, tendo como piloto e cosmógrafo Américo Vespucio, esteve na região, no extremo sul da linha fixada pelo Tratado de Tordesilhas, que dividiu as novas terras entre Portugal e Espanha.
Historiadores que defendem a maior antiguidade da rival afirmam que Cananeia foi fundada quase um ano antes, quando a mesma expedição, tendo como piloto e cosmógrafo Américo Vespucio, aportou à atual Ilha do Cardoso. Degredados portugueses, entre eles o lendário ‘Bacharel de Cananeia”, foram deixados na região e ergueram as primeiras casas.
A fundação de São Vicente é contada a partir do decreto que criou a vila formada pelo séquito de Martim Afonso de Souza, enviado pela coroa portuguesa para colonizar o Brasil. Em 1534, a vila foi invadida e saqueada por espanhóis comandados por Ruy Mosquera.
Em 1541, uma forte ressaca, comparada a um maremoto, destruiu a povoação e muitos de seus moradores migraram para uma localidade vizinha – atual Santos. Em 1591, o vilarejo voltou a ser saqueado, desta vez por um pirata inglês.
A antiga vila se desenvolveu e, apesar da fundação de Iguape, na mesma região, em 1537, tornou-se a mais importante porta de entrada para o interior da capitania.
Com 360 mil habitantes, a São Vicente atual conserva marcas importantes de seu desenvolvimento ao longo de quase cinco séculos, como a Casa do Barão, sede do Museu Histórico, a Ponte Pênsil Saturnino de Brito, que liga a ilha à parte continental da cidade, e o Parque Cultural, que reproduz a antiga vila.
A festa de aniversário teve comemoração com bolo em frente ao Paço Municipal. Também foram apresentados espetáculos com a encenação da fundação da vila. Além da inauguração de serviços públicos, a prefeitura lançou o programa municipal de recuperação de monumentos históricos de São Vicente.

Encenação marca os 488 anos de São Vicente. Foto Prefeitura/Divulgação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.