16a Região Administrativa será criada em Itapeva
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

16a Região Administrativa será criada em Itapeva

José Tomazela

19 Janeiro 2014 | 17h45

 

O Estado de São Paulo terá sua 16ª Região Administrativa, com 31 municípios que serão desmembrados da atual 4ª Região, com sede em Sorocaba. O decreto de regulamentação da nova divisão administrativa do Estado será assinado nesta terça-feira (21) pelo governador Geraldo Alckmin. A cidade sede da nova região será Itapeva. Com a criação, a cidade deve receber escritórios regionais de secretarias e órgãos administrativos do Estado.

A região, no sudoeste paulista, é a maior produtora de minérios e está entre as que mais produzem grãos no Estado, além de concentrar os principais reflorestamentos. Por outro lado, a maioria dos municípios tem baixos indicadores sociais. O projeto foi aprovado em dezembro de 2006 pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), mas acabou vetado em janeiro de 2007 pelo então governador José Serra. O veto foi derrubado no mesmo mês, em votação na Alesp, e o projeto deu origem à Lei 12.571/2007, que agora será regulamentada pelo governo.

Farão parte da 16ª Região, além de Itapeva, os municípios de Angatuba, Apiaí, Arandu, Buri, Bom Sucesso de Itararé, Barra do Chapéu, Barão de Antonina, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Coronel Macedo, Fartura, Guapiara, Iporanga, Itaí, Itaberá, Itararé, Itaoca, Itapirapuã Paulista, Itaporanga, Nova Campina, Paranapanema, Piraju, Ribeira, Riversul, Ribeirão Grande, Ribeirão Branco, Sarutaiá, Taquarituba, Tejupá, Taguaí e Taquarivaí.

As outras regiões administrativas são as de São Paulo, Santos, São José dos Campos, Registro, Campinas, Central, Ribeirão Preto, Marília, Bauru, Franca, Barretos, Presidente Prudente, Araçatuba e São José do Rio Preto.

 

Praça central de Itapeva

Praça central de Itapeva