As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um grande FP

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 20h12

Publicado pela 1ª vez em 18/11/2009
Aposentados deste país comemoram o fim do FP (Fator Previdenciário), aprovado ontem na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Ainda é cedo porque o pedágio que abocanha uma parte da aposentadoria precisa ser avaliado em outras instâncias e pode se perder pela sigla.
Mas existe um fio de esperança aos batalhadores que já foram e ainda são FP (Força Produtiva). Eles pressionam para que os políticos tenham mais FP (Flexibilidade Parlamentar). É mais do que justo que quem trabalhou a vida toda tenha direito a um FP (Fundo Pecuniário).
Eles merecem reconhecimento e deveriam receber mais FP (Facilidade Permanente) e, depois de tanto trabalho, ter condições de possuir FP (Fartura Premiada).
Agora é só aguardar com FP (Firme Persistência), mas com cuidado para não gastar tamanha dinheirama com FP (Futilidades Passageiras). Os aposentados podem acreditar num belo FP (Futuro Próspero) graças a parlamentares bem-intencionados e cheios de FP (Fibra Poderosa). Em nome de quem já tem e ainda vai ter cabelos brancos, nossa eterna gratidão a esses grandes FP (Filhos da Pátria). E quem for contra será condenado a ser um eterno FP (Fora do Plenário)!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: