As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Todo dia é dia

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 19h20

Publicado pela 1ª vez em 22/09/2009
O calendário mostra que hoje é o Dia Mundial sem Carro. É também mais um dia paulistano com congestionamento. Alguns aderiram ao ônibus, ao metrô, à bicicleta, ao tênis. Só que a maioria ainda depende do bicho de quatro rodas.
Na carona da preservação deeeeeste planeta, vegetarianos já preparam o dia sem carne, decretando que toda segunda-feira é dia de deixar o boi e a vaca em paz.
Que as crianças não nos ouçam. Com certeza, vão querer criar o dia sem alface, pepino, beterraba e chicória. E pra completar a farra, também podem exigir um dia mundial sem banho. Outras, sem ter o que comemorar, gostariam apenas de ter um dia sem fome.
Eleitores desiludidos já pensam no dia sem voto como resposta aos dias sem saúde, sem educação e sem segurança. E também contra politiqueiros adeptos de dias sem trabalho e de sessões ordináááááárias, muito ordináááááárias.
Mas, pensando bem, não precisamos de muita coisa. Um dia mundial sem sem-vergonhice já resolve. Esse é o carro-chefe que nos atropela.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.