As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Profissão Perigo

Haisem Abaki

25 de fevereiro de 2013 | 11h46

Publicado pela 1ª vez em 09/03/2010
Uma das profissões mais odiadas no mundo cão em que vivemos deve gerar ainda mais empregos nos próximos meses. Apesar de todos os perigos, tem muita gente interessada no serviço.
A jornada é cansativa e exige muito preparo físico do candidato porque é trabalho pra cachorro, caia chuva ou faça sol. O sujeito precisa andar depressa, correr e até pular para cumprir as tarefas.
Este perigoso trabalhador carrega muito peso nas costas e tem atitudes ameaçadoras, que geram desconfiança e despertam os mais primitivos instintos animais.
O aumento no contingente desse exército já provoca um alvoroço canino. Não se late outra coisa desde a divulgação de tão aterrorizante notícia. Mais de um milhão de candidatos se inscreveram no concurso dos Correios, que oferece 6.565 vagas, a maior parte para carteiros.
Os profissionais mais detestados pelo melhor amigo do homem concorrem a um salário de 800 reais e mais 30% de adicional de riscos. A disputa será feroz, mas tudo o que eles querem é ficar num mato sem cachorro. Muita sorte nessa missão tão nobre e al-al-almejada!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: