As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pobre homem rico

Haisem Abaki

25 de fevereiro de 2013 | 11h49

Publicado pela 1ª vez em 11/03/2010
O noticiário das últimas horas trouxe uma grande decepção para um homem que deu duro a vida toda e, depois de tanto esforço, não deve ter dormido bem nesta noite de tanta preocupação.
É mais uma vítima de um mundo capitalista e injusto, que só visa o lucro, o lucro e o lucro. Com certeza, está passando um filme na cabeça deste cidadão. Será que a incansável luta e a imensa dedicação ao trabalho valeram a pena? Esta é a dúvida que paira hoje no pensamento de uma figura atormentada, mas que ainda tem valor e merece todo o nosso reconhecimento.
O que será dele agora? Como conseguirá conviver com a tremenda rasteira que levou dessa vida ingrata? Ele ainda terá forças para se recuperar e seguir em frente? É desse jeito que vai terminar uma existência tão produtiva e enriquecedora?
A nós, resta apenas torcer e enviar emanações positivas para que ele supere este momento tão difícil. Não deve ser fácil para um americano levar chapéu de um mexicano e se conformar com o posto de segundo homem mais rico do mundo. Força Bill Gates, nós estamos com você! Quando a vida fecha um windows, sempre se abre outro!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: