As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para ficar bem na foto

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 15h57

Publicado pela 1ª vez em 12/02/2009
Os 3.500 prefeitos que estiveram em Brasília no encontro nacional da “categoria” não saíram de mãos abanando.
Além das promessas de verbas e parcelamento de dívidas, puderam levar um troféu para casa: uma foto ao lado do presidente Lula e da ministra Dilma, a mãe do PAC.
Na verdade, uma fotomontagem. Era só chegar, fingir estar com os dois ao lado e dar aquele sorriso.
Alguns ficaram meio envergonhados com a pose. Então vão aqui algumas dicas infalíveis pra quem quer aparecer bem na foto:
Pense no povo e diga “abacaxi”. A palavra provoca um leve sorriso.
Imagine uma licitação qualquer e diga “testosterona”. A arcada vai aparecer de forma mais acentuada.
Agora, para ter um sorriso marcante e inconfundível, pense num inimigo político que deseja fritar e pronuncie “cheeseburger”. Mas se ainda assim não ficar bem na foto faça uma última tentativa e diga “dentadura”. Aí não tem falha. A mordida em boa parte do eleitorado estará garantida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: