As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os desencanados federais

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 18h07

Publicado pela 1ª vez em 24/06/2009
Uma importante sessão está marcada para hoje, às duas da tarde, na Câmara dos Deputados. Não é de votação. É de cinema. Estará em exibição para os nobres parlamentares o filme “Garapa”, de José Padilha, o mesmo diretor de “Tropa de Elite”.
Senadores também estão convidados para a apresentação nua e crua da vida real, sem atos secretos. A produção mostra o flagelo de verdade de três famílias nordestinas que passam fome. No caso, a tal garapa é a mistura de água com açúcar servida como “refeição”.
Quem já assistiu diz que o filme é um soco no estômago. A exibição na Câmara faz parte de uma campanha pela aprovação de uma emenda para incluir na Constituição Federal o “Direito Humano à Alimentação”. Agora sim, vai virar lei.
A gula revelada pelos últimos escândalos faz supor que a proposta terá apoio maciço dos parlamentares, ainda que seja apenas com a intenção de limpar a própria imagem e ficar bem na fita.
Então está combinado. Hoje, logo depois do almoço, deputados e senadores verão gente que passa fome. Vamos saber em breve se farão alguma coisa ou se vão continuar desencanados. Talvez eles precisem de água com açúcar depois da sessão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: