As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Operação Desgrude

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 18h35

Publicado pela 1ª vez em 10/08/2009
O primeiro fim de semana livre do fumo em ambientes fechados mostrou que a lei veio pra pegar. E pra grudar também.
No shopping, tinha segurança com o olho grudado em quem demonstrasse qualquer atitude suspeita. Se algum distraído sacasse o cigarro do bolso, era logo convidado a dar um pulo lá fora.
Nos parques, agora território do fumacê, as árvores viraram fumantes passivas de quem se viu livre das imposições de tetos e paredes. Teve gente que grudou no tronco pra tragar em paz e dar um quebra-galho na vontade de fumar.
Nos bares, restaurantes e condomínios, placas, cartazes e adesivos foram grudados para avisar que as chaminés ambulantes estavam proibidas.
A fiscalização grudou nos locais onde a fumaça era liberada até a semana passada. A turma se comportou bem, mas algumas multas foram aplicadas porque tem gente que só aprende quando leva uma grudada no bolso.
Só que o maior grude do fim de semana foi nas calçadas e praças. Depois da batucada dos agentes fiscais, sobrou bituca pra todo lado. Quase impossível não pisar! Vai dar muito trabalho. Os esforçados garis vão ter de ficar de butuca. É permitido esfregar!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: