As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Olé, Olé, Olé!

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 20h26

Publicado pela 1ª vez em 07/12/2009
Como é bom viver num país onde tem gente sempre atenta, de olho nas grandes jogadas e pronta para aplaudir quem merece e para vaiar quem merece mais ainda!
Como é bom viver num país onde tem gente que fica indignada diante do desperdício de grandes oportunidades, que xinga os aproveitadores de mercenários e bota esses caras para correr!
Como é bom viver num país onde tem gente que reza e tem fé em novas conquistas, luta até o fim sem perder a esperança e chora sinceramente quando só vê gol contra de quem deveria dar o exemplo!
Como é bom viver num país onde tem gente que cobra os grandes comandantes, exige o suor da camisa de seus representantes e não aceita os erros de quem tem autoridade para evitar lances de injustiça que se repetem!
Técnicos e jogadores de futebol sofrem, mas os craques do dinheiro no bolso, na mala, na meia e na cueca adoram essa torcida, que não tem olhos para tais armações. Se recebessem apenas 10% de toda essa atenção, ficariam com medo do rebaixamento e pensariam bem antes de aplicar dribles cada vez mais ousados, como o da vaca, do burro, da anta, da mula… Só assim para mudar a letra do hino que eles mais gostam: “Uma vez esperto, esperto até morrer!”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: