As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O vírus da ausência

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 17h02

Publicado pela 1ª vez em 12/05/2009
Uma nova e poderosa gripe está se espalhando por aí e já causa ausências no trabalho. O primeiro sintoma é uma moleza geral e o sujeito não consegue sair de casa.
Depois, vem uma febre que geralmente tem picos de temperatura que fazem o coitado prolongar o fim de semana, de sexta a segunda.
De terça a quinta, ele pensa que melhorou e vai trabalhar. É um grande engano. Logo aparece uma terrível dor de cabeça que só pede um travesseiro.
O sintoma seguinte é uma tosse que surge sempre que alguém faz alguma pergunta difícil de responder. Aí, o pobre só pensa em espirrar do trabalho o mais rápido possível.
Os primeiros atingidos foram certos deputados e senadores. Eles transmitiram o vírus a alguns ministros da mais alta Corte da Justiça, que andam faltando a julgamentos.
Felizmente, não existe maior risco de contaminação de cidadãos comuns. Os infectados pela “gripe desculpa esfarrapadina” já vivem em completo isolamento.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.