As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O gato do leão

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 20h34

Publicado pela 1ª vez em 17/12/2009
O leão do imposto de renda acaba de avisar que vai rugir mais forte no ano que vem. Os alvos são as raposas que inventam despesas, principalmente médicas, para conseguir pagar menos ou até ganhar uma restituição.
As garras da fera serão mostradas numa patada de 75% de multa para os coelhos que usam esse recurso ilegal na tentativa de enganar o rei da selva tributária deeeeeeeste país.
Outra providência é deixar a fiscalização à espreita para flagrar os macacos que quebram o galho com recibos suspeitos e pulam em cima de um bolo de dinheiro para escapar do ataque de Sua Majestade.
Hienas que se vangloriam de suas performances na declaração anual de ajuste de contas também estão na mira do dono da juba, que promete mordê-las até que parem de rir da vantagem que levavam dos cofres leoninos.
Não há como criticar o leão porque ele está certo. Esses lobos maus e dissimulados precisam ser caçados mesmo. Mas um cordeirinho pede a palavra e faz uma perguntinha ao supremo mandatário da Receita:
– Meu rei, não me leve a mal. Eu quero saber se um dia vai acabar essa ficção de só permitir a dedução de uma parte dos gastos com educação.
Resposta do todo-poderoso leão:
– Miau!
Isso, sim, é dar um gato no pato contribuinte!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: