As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No meio do caminho tinha um deputado

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 15h28

Publicado pela 1ª vez em 06/02/2009
O novo presidente da Câmara, Michel Temer, quer provar que os deputados também trabalham na segunda, na sexta e no fim de semana, e não só de terça a quinta, quando estão em Brasília.
A ideia é que a TV Câmara vá a todos os Estados para mostrar os tais contatos com as bases.
Nós, contribuintes, vamos pagar pelas viagens, mas o pior é a invasão da nossa privacidade. Com uma equipe de TV por perto, o alvoroço vai ser ainda maior.
Afinal, é muito fácil encontrar um deputado por aí no fim de semana. É só sair de casa que a gente tromba com um.
No caixa rápido do supermercado, onde a nossa vez não chega nunca, tem sempre um parlamentar na fila.
E quando você vai ao cinema? É só prestar atenção que tem deputado comprando pipoca.
E no banheiro do shopping? Olhe discretamente para o lado e você vai ver um deputado fazendo pipi também.
No estádio, gooooooool do seu time. O desconhecido ao lado pode ser um deputado, louco por um abraço.
Deputados estão por toda parte, é só prestar atenção que você logo vai ver um. Mas não se engane. Eles não estão se divertindo. É desse contato com o mundo real que surgem as grandes ideias, discutidas arduamente de terça a quinta, em sessões ordináááááárias.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.