As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Miragens no deserto

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 21h08

Publicado pela 1ª vez em 11/02/2009
A Ciência comprova que o deserto do Saara está bem perto de nós. Estações da Organização Meteorológica Mundial que medem a sensação térmica no planeta acabam de confirmar a marchinha: o sol estava quente e queimou a nossa cara.
No Rio de Janeiro, a combinação entre temperatura e umidade do ar resultou em 43,9 graus, superando o Saara e perdendo apenas para uma cidade de Gana, na África.
As ondas de calor se propagam pelo país e já são capazes de causar miragens por todos os cantos. No Rio mesmo, tem gente que ficou em dúvida ao ver a Beyoncé, no Cristo Redentor, só que muito vestida. Era ela mesmo ou o efeito da quentura?
Em São Paulo, há relatos de pessoas que dizem ter visto a Madonna num palácio, também muito vestida. Seria ela, mais uma sósia ou apenas uma ilusão de ótica?
Mas as miragens que mais iludem estão em Brasília. A última que apareceu foi uma conta de 1,4 milhão de reais em panetones para os pobres. Esse, sim, é um rebolado que deixa Madonna e Beyoncé com cara de uva passa!
É muito calor, ô, ô, ô, ô, ô! É um sol de Saara queimando a nossa cara. O negócio é se proteger e, por via das dúvidas, evitar o deserto daquela outra marchinha, o da Barra Funda!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.