As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Luzes contra as trevas

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 20h07

Publicado pela 1ª vez em 11/11/2009
Os últimos acontecimentos mostram que, apesar da modernidade e da tecnologia, nos dias sombrios de hoje ainda é preciso se precaver e ter à mão uma espécie de kit de sobrevivência nas trevas.
Um bom começo é ficar com as velas por perto. As chamas ajudam a iluminar os ambientes enquanto pingam suposições, suspeitas, teses, desculpas e uma profusão de “talvez isso”, “talvez aquilo” e “veja bem” para explicar a escuridão.
Mas as velhas velinhas de nada adiantam se não houver uma boa caixa de fósforos para acender enquanto a cabeça queima com pensamentos e pedidos do tipo “ai que medo”, “fica perto de mim”, “onde você está?” e “segura na minha mão”.
Os mais avançadinhos podem recorrer às lanternas para ampliar o foco e enxergar um pouco mais adiante do nariz enquanto surgem pilhas e mais pilhas de “vamos investigar tudo”, “já tomamos todas as providências” e “estamos bem preparados”.
Para completar, o mais importante: tenha sempre um saco por perto para aguentar as explicações inexplicáveis, as promessas descompromissadas e as enérgicas medidas tomadas. E deixe separado também um dinheiro para pagar a conta de luz. Essa nunca falha. Haja energia para cobrar!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: