As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festança da gastança

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 18h11

Publicado pela 1ª vez em 29/06/2009
Hoje é dia de São Pedro e todo mundo tem direito de festejar, inclusive os políticos. Vamos esquecer tudo e receber bem o pessoal que vem de Brasília. Ainda dá tempo de ensaiar pra ficar bonito. Então, vamos lá, começando a dança…
Balancê! Balançando o corpo. Marcando o passo sem sair do lugar. Não precisa votar nada.
Avancê! Oba! Saiu a verba indenizatória! Vamos caminhar pra pegar, balançando os braços. Avancê!
Ih, alguém descobriu coisas escondidas debaixo do tapete. Returnê! Voltem aos seus gabinetes… Returnê, returnê!
Mas chegou a hora do tour! Vamos abraçar o eleitor pela cintura. Isso! Agora, vamos cumprimentar o coitado. Isso!
Tá na hora do grande passeio. No ritmo da música, de braço dado com o par.
Trocando de par! Já deu o que tinha que dar e começou a falar de escândalo. É só trocar.
Olha o túnel! Vamos passar pelo túnel do amor. Se a grana não der a gente pede mais pra terminar a construção.
Agora vamos pegar o caminho da roça! Numa fila só, balançando. A caminho do auxílio-moradia e da passagem aérea de graça.
Olha a cobra da CPI! É mentira! Pode continuar que não vai dar em nada!
Olha a chuva de denúncias! Já passou!
A ponte da mamata caiu! Saiu mais verba e já consertaram! Vamos em frente!
Que pena, tá terminando! Chegou a hora da despedida! Acenando para o público! Isso! Que bonito!
É bonito, mas dançar quadrilha também cansa. Que bom que julho já está chegando! Descansê! Descansê!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: