As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Espelho, espelho meu, alguém gasta mais do que eu?

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 16h14

Publicado pela 1ª vez em 06/03/2009
A palavra do momento é “transparência”. Em nome dela, os políticos deste país prometem, finalmente, mostrar como gastam a verrrrrrbiiiiiiiinha indenizatória de 15 mil reais por mês que dá uma engordada no salário. O Senado resolveu seguir o exemplo da Câmara e vai divulgar as notas fiscais dos gastos dos parlamentares a partir de abril. No dicionário, há outros sinônimos para transparência que nos enchem de esperança: clareza, limpidez, cristalinidade, evidência, nitidez, pureza. Pelo menos vamos saber agora o que estamos pagando. Só não dá pra saber ainda porque os 81 senadores gastam meio milhão de reais a mais do que os 513 deputados. Mas o presidente Sarney promete esclarecer tudo até o último fio de bigode, sem tintura. O Congresso vai virar um grande espelho dentro de 26 dias, a partir de 1º de abril. Quando? 1º de abril? A gente aguenta mais um dia sem transparência, clareza, limpidez, cristalinidade, evidência, nitidez, pureza. Um diazinho só. Ninguém nota.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.