As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De olho na telona

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 20h03

Publicado pela 1ª vez em 06/11/2009
Sexta-feira é dia de renovar as dicas de cinema. Depois de uma semana cheia de notícias cinematográficas, a dúvida é saber se a vida imita a arte ou se é o contrário, mas vamos lá.
Uma boa pedida é a série DURO DE AUMENTAR. Comece pelo primeiro filme da saga e tenha paciência até chegar ao qüinquagésimo quinto. A história mostra a explosiva vida de um aposentado à espera de um reajuste no benefício. O vilão é um tal de salário mínimo. É pequenininho, mas faz grandes estragos.
Outro sucesso que vale a pena ver é A UM PASSO DA ETERNIDADE. Na trama, um sujeito tem uma dívida para receber do governo e vê a vida passar, passar e passar. A cena em que ele deixa a herança para o neto, ainda na barriga da mãe, é capaz de provocar soluços.
Também vale ver ou rever o clássico NUNCA FUI SANTO. Um senador cassado após cometer irregularidades é substituído por outro com centenas de processos nas costas. Mas, quando o homem chega ao novo local de trabalho, descobre ser um anjinho perto de uma turma que é do barulho.
E para fechar, uma dica para quem quer dar boas gargalhadas sem compromisso. Você com certeza vai achar muita graça ao ver a comédia QUANTO MAIS IDIOTA, MELHOR. Os atores parecem ser gente como a gente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.