As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coração acelerado

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 19h40

Publicado pela 1ª vez em 16/10/2009
O corintiano Rubinho Barrichello demonstra calma e confiança para a corrida em Interlagos. A camisa do Timão está dando sorte para ele neste ano, mas que ninguém se iluda porque não é superstição.
Com mais experiência e de bem com a vida, Rubinho, mesmo com o amuleto, é de todas as torcidas. Para tentar o tão sonhado título, ele conta com o talento e a raça que vem demonstrando nas pistas e com o profissionalismo da equipe.
Todos os integrantes estão afiados e já ouviram as instruções atentamente, mas não custa repetir para tudo dar certo nos treinos e na corrida de domingo:

Doutor mecânico, nada de engano,
Meu motor é bom, mano.
Doutor mecânico, nada de engano.
Meu câmbio vai dar um show insano
Eu não sabia mais o que fazer
Troquei de escuderia, cansado de sofrer!
Doutor mecânico, nada de engano
O título tem que ser meu este ano!

O concorrente é forte, mas ele merece o apoio da equipe:
Aqui tem um bando de louco,
Louco por ti, Rubinho (apesar da camisa)!

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: