As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Abraçando a causa

Haisem Abaki

24 de fevereiro de 2013 | 17h05

Publicado pela 1ª vez em 15/05/2009
Num país de excluídos, surge mais um movimento da sociedade civil em prol de uma categoria que reivindica o direito de ter sonhos e desejos.
A cada dia, cresce a legião dos que querem abraçar e beijar a causa, numa imensa corrente pela legalização do cafuné, com tudo o que vem antes, durante e depois.
É o Movimento dos Sem-Namorado, que ganha as ruas das duas principais capitais brasileiras em busca da outra metade da laranja, para acabar com aquela sensação de bagaço.
Garotas solteiras vão invadir hoje a Candelária, no Rio de Janeiro, em busca pelo menos de algumas palavras de carinho. No domingo, às três da tarde, a manifestação tomará o Parque Ibirapuera, em São Paulo, à procura do amor à primeira vista. Se não der pode ser à segunda, terceira, quarta, quinta…
As participantes esperam ouvir elogios, mas não os casados com chavões do tipo “Você vem sempre aqui?” ou “Eu não te conheço de algum lugar?”. Em todo caso, é bom levar o cachorrinho para que os mais tímidos possam pedir o telefone.
O céu vai dar uma forcinha para os corações solitários. A meteorologia prevê um fim de semana de muito frio. Tempo bom para um cobertor de orelha.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.