As paisagens de Sampa em detalhes

Vitor Hugo Brandalise

18 de agosto de 2011 | 19h33

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) está promovendo o seminário “Paisagens da Metrópole”, promovido pela Fapesp e com a participação do arquiteto e paisagista italiano Franco Zagari, responsável nos anos 1990 pela requalificação da Praça Montecitorio, no centro de Roma.

O evento é uma oportunidade para debater pontos da arquitetura tipicamente paulistana. No debate realizado na manhã desta quinta-feira, dia 18, o tema foi “paisagens comerciais”, mais especificamente as paisagens dos shoppings centers paulistanos. Foram comparados os casos dos shoppings Tatuapé, anexo ao metrô, e Cidade Jardim, parte de um condomínio com prédios residenciais e comerciais.

“O Cidade Jardim tem um conceito de ilha no meio da cidade, é como se convidassem os usuários para entrar num mundo à parte. O Tatuapé é articulado com todo o entorno, o oposto disso”, analisa a professora da PUC Ana Claudia de Oliveira, organizadora do evento.

O seminário ocorre no câmpus Perdizes da universidade (Rua Monte Alegre, 984), vai das 9h às 19h, é gratuito e termina nesta sexta-feira, dia 19, com a apresentação de mais oito painéis paisagísticos, entre os quais um sobre o grafite e outro acerca do Parque do Ibirapuera. A programação pode ser consultada neste link:

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.