Tudo parado

Estadão

11 Fevereiro 2009 | 07h00

Os processos de licenciamento de alvarás de funcionamento na Subprefeitura da Vila Mariana estão parados, numa pilha de papéis que aumenta a cada dia, há exatos 31 dias. É o tempo que o posto de supervsião de licenciamento está vago. Como não há definição ou indicação para o cargo, o munícipe vai sofrendo. Os vereadores disputam direito de fazer a indicação.