Tubarão voador

Estadão

02 de junho de 2009 | 18h12

Aquele jornalista estadunidense, Joe Sharkey, que estava no Legacy que derrubou o avião da Gol em 2006 matando 155 pessoas volta a atacar o controle de voo no Brasil. Hoje, em seu blog, ele fez uma série de seis perguntas tentando jogar farofa no ventilador, dizendo sem ser claro que a culpa do acidente do Airbus da Air France também é dos controladores. Sharkey quer por em dúvida a eficácia dos serviços de controle e de comunicação aéreos brasileiros. Mas se cala sobre a atitude dos pilotos do Legacy que naquele trágido episódio desligaram os equipamentos de segurança ou por não saberem usar ou por excesso de confiança.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.