Trem bala chegando

Estadão

18 de dezembro de 2009 | 17h19

O governo federal divulgou hoje a minuta do edital para construção e concessão do trem de alta velocidade (TAV) entre Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro.Prevê que a tarifa da classe econômica não poderá ser superior a R$ 252 e a de primeira classe com teto de R$ 441. Os participantes da concorrência terão financiamento público de R$ 20.868.784.000,00. Mas vence quem oferecer menor tarifa e captação de financiamento público menor. O projeto todo é orçado em R$ 34,6 bilhões. A grande novidade é a previsão de uma estação na cidade de Aparecida. São três estações terminais: São Paulo (Campo de Marte), Campinas e Rio (Barão de Mauá), além de seis estações de passagem: Vale do Paraíba Fluminense, Vale do Paraíba Paulista, Aparecida, Aeroportos do Galeão, Guarulhos e Viracopos. Na chegada a São Paulo está previsto um túnel de 24 quilômetros de extensão entre Caieiras e Guarulhos. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) receberá contribuições até o dia 8 de janeiro. Nos dias 11, 13, 15 e 19 de janeiro serão realizadas audiências públicas em São Paulo, Rio, Campinas e Brasília.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: