Time do São Caetano pode mudar de cidade

Estadão

20 de outubro de 2010 | 12h49

Assim como o Grêmio Barueri, que mudou para Presidente Prudente, o time do São Caetano também pode mudar de cidade. A prefeitura de São Caetano do Sul revogou a lei que cedia área para a equipe. Mas o São Caetano se recusou a deixar o local, ocupado desde 1999. Assim, o problema foi parar na Justiça e a direção do Azulão perdeu em segunda instância.

No mês passado, foi concedida liminar favorável ao município e a direção do time recorreu. O processo está hoje no Tribunal de Justiça, mas já foi pedida ordem de despejo. O oficial de justiça vai entregar o mandado de reintegração de posse a qualquer momento.

A presidência da agremiação destaca que já recebeu três convites de administrações municipais do interior que estão dispostas a receber o clube. Mas não revela quais são. O objetivo é continuar no município do ABC.

A prefeitura alega que o espaço é público e a comunidade tem o direito de utilizar a área. Há projeto de construir um centro cultural no terreno hoje ocupado pela sede social do clube, piscina, quadras e salas de aulas para esportes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: