Terror

Estadão

23 Março 2009 | 06h30

Veja o nível da contenda pré-eleitoral no País: começa a circular pela internet uma suposta ficha de Dilma Roussef, que teria sido feita pelo militares nos anos de chumbo. No papel amarelado e datilografado em vermelho, a ministra é chamada de terrorista e assaltante de bancos. Há um carimbo de capturado sobre sua foto e uma lista com as ações terroristas que ela teria participado, como seis assaltos a banco e o planejamento do assassinato de um militar.