Tempo árido: Kassab não pedirá ajuda ao Cacique Cobra Coral

Estadão

25 Agosto 2010 | 19h37

Nem supersticiosa, nem cética. A Prefeitura de São Paulo não deve utilizar o convênio com a Fundação Cacique Cobra Coral para pedir chuva sobre a cidade, que sofre com o tempo extremamente árido. A FCCC foi criada para intervir nos desequilíbrios provocados pelo homem na natureza. No Brasil, a fundação tem convênio gratuito com São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
O convênio com São Paulo foi assinado na gestão do prefeito José Serra, no dia 18 de agosto de 2005, conforme o decreto 45.683. As partes envolvidas são a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras e a Fundação Cacique Cobra Coral, pela agência de meteorologia Tunikito Meteorology Atmosphere and Ocean Ltda. O objeto do convênio é produzir  informações prévias em casos de calamidade, tais como inundações, secas, geadas, vendaval, tornado, granizo ou qualquer outra adversidade climática.