Renascer com dúvidas

Estadão

20 Janeiro 2009 | 18h21

A Igreja Renascer, no Cambuci, aquela que desabou, foi atuada pela Prefeitura de São Paulo no dia 2 de julho de 2008. Um engenheiro da administração municipal assinou alvará liberando o local duas semanas depois. Engraçado é que em 12 de agosto o processo passa por uma espécie de retrocesso e recebeu um deferimento parcial. A autuação foi por causa de rachaduras em muro e infiltração de água. Quem é o fiscal que liberou o local no ano passado e quem é o engenheiro que mandou voltar o processo?