Reclamações de falta d’água

Estadão

17 Fevereiro 2010 | 14h10

Pesquisa eletrônica feita pela Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia), entidade autárquica vinculada à Secretaria de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo, mostra que as empresas concessionárias de água e esgoto paulistas recebem cada vez mais queixas sobre a falta de abastecimento de água. Na pergunta “aponte o principal problema do usuário quando o assunto é a prestação dos serviços de saneamento básico”, a falta de água tem 45% dos votos, a falta de informações sobre o serviço aparece em segundo com 24% dos votos, seguidos pela demora no atendimento de solicitações com 23% e a cobrança indevida na fatura, com 8%.