Que esgoto

Estadão

16 de outubro de 2009 | 11h00

Dos 15 milhões de habitantes da Região Metropolitana de São Paulo que são atendidos pela Sabesp hoje, 11 milhões dispõem de coleta de esgoto. Mas 4 milhões não, isso em pleno século 21. A conta é ainda pior: 7 milhões têm coleta e tratamento de seus esgotos, enquanto o restante dos dejetos é despejado in natura em rios e córregos. Agora, com a terceira fase do Projeto Tietê, a Sabesp quer aumentar a coleta para mais 1,5 milhão de pessoas e ampliar o tratamento de esgoto coletado para mais 3 milhões de habitantes, chegando assim na casa de 10 milhões de pessoas com esgoto tratado. Isso até 2015.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: