Promessa da Sabesp

Estadão

11 Fevereiro 2010 | 18h05

A Sabesp promete compensar, já na conta do mês de março, todos os 750 mil consumidores que ficaram sem água por vários dias, afetados pelo rompimento da adutora Teodoro Ramos, na zona sul da capital, no último domingo. Os clientes deverão ter uma redução correspondente à tarifa mínima cobrada pela empresa de 10 metros cúbicos (10 mil litros) ao mês, valor a ser calculado de acordo com o tipo de tarifa aplicada. As contas do mês de março começam a chegar a partir do próximo dia 4e poderão ser pagas até o mês de abril. Todos que consumiram no período até 10 metro cúbicos – cerca de 300 mil pessoas – terão conta zero, promete a empresa. Os demais 450 mil moradores pagarão apenas a diferença, ou seja, terão o valor dos mesmos 10 metros cúbicos (10 mil litros) descontados do total de sua conta.