Pesadelo do DEM

Estadão

14 Março 2010 | 16h02

Os problemas envolvendo políticos do Democratas parece não ter fim. Agora foi o vereador Ramon Ramos, de São Bernardo do Campo, que perdeu o cargo. Ramos sofre processo na Justiça comum por porte ilegal de arma. Ele foi flagrado em 2006 com um revólver. Trata-se de uma situação envolvendo ficha suja. O democrata foi condenado em fevereiro de 2008, oito meses antes das eleições. Recorreu, e apesar da demora da tramitação do processo, conseguiu registrar a candidatura, foi leito e diplomado. No ano passado, o Judiciário manteve a condenação e ele perdeu o mandato. Na semana passada, deixou o parlamento municipal.