Metrô suspende duas licitações do plano de expansão

Estadão

04 de agosto de 2010 | 19h53

O Metrô suspendeu duas licitações que envolvem o plano de expansão das linhas na capital. Uma delas é a concorrência internacional para compra de 26 trens para a Linha 5 – Lilás. A outra licitação vai escolher a empresa para elaborar o projeto civil básico da Linha 15-Branca – entre Vila Prudente e Tiquatira, na zona leste.
“Várias empresas que têm interesse em participar do processo pediram à Companhia o adiamento da data de entrega das propostas. O Metrô avaliou que essa mudança não acarretará em atraso no cronograma da licitação nem da entrega dos trem. Com o objetivo de aumentar a concorrência entre os participantes, decidiu-se alterar a data da licitação para 23 de agosto”, diz nota da assessoria de imprensa do Metrô.
Já o adiamento do processo de contratação de empresa para fazer o projeto da via permanente, pátio de estacionamento e manutenção de trens da Linha 15 se deu, segundo o Metrô, porque os questionamentos técnicos recebidos nesse período de publicação do edital foram “tecnicamente relevantes”. Então decidiu-se suspender a licitação para análise. “Essa suspensão não vai impactar o cronograma do processo, que será retomado nas próximas semanas”, garante o Metrô.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.