Liminar suspende propaganda do PT

Estadão

15 Março 2010 | 18h21

O corregedor regional eleitoral de São Paulo, Alceu Penteado Navarro, concedeu liminar para suspender a veiculação da propaganda partidária do PT que seria veiculada em todo Estado na televisão. Na peça de marketing, o presidente Lula cita Dilma Rousseff, comparando-a com São Paulo. A representação, com pedido de liminar concedido, foi proposta pela ala do PMDB ligada ao ex-governador Orestes Quércia, aliado de José Serra (PSDB), e deverá agora ser julgada pelo plenário do TRE.