Eô, é camelô

Estadão

04 de fevereiro de 2009 | 10h34

Promessa de acabar com camelôs em São Paulo derrapou. Só na área da subprefeitura de Santana, onde havia 219 ambulantes com permissão de trabalho, o número cresceu mais de 100% nos últimos dias. Há cerca de 500 deles, inclusive com devolução da permissão de quem havia sido cassado por vender produto pirata comprovadamente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.