De pilha

Estadão

26 Janeiro 2009 | 07h00

Nessas férias andando na praia, nos shoppings e mercados deparei com algumas figuras segurando um pequeno volume – um celular – tocando música, sem fones de ouvido. O som raquítico lembrava o velho e bom radinho de pilha. Há um tempo atrás, andar em público com um radinho tocando música seria o maior mico do mundo. A pessoa que isso fizesse receberia algum nome preconceituoso e pejorativo. Hoje, andar com o celular tocando música alta é estar na moda. Vai entender.