Chupeta

Estadão

05 de agosto de 2009 | 06h52

Brasileirinhos de Maceió são os que menos usam chupetas no Brasil, enquanto os bebês da região sul estão entre os que mais utilizam esse assessório. Levantamento do Ministério da Saúde mostra que, entre 1999 e 2008, houve redução expressiva do uso de chupeta em crianças menores de 12 meses. Em 1999, 57,7% dos bebês menores de 12 meses usavam chupeta no País. No ano passado, esse porcentual caiu para 42,6%, uma variação de 15,1%. O estudo levou em consideração as 27 capitais e outros 239 municípios, o que somou informações de aproximadamente 118 mil crianças. A queda no uso de chupetas foi percebida em todas as regiões brasileiras. Maceió foi a capital que apresentou a maior redução no uso de chupeta (20 pontos porcentuais). Na região Norte, apenas 25,5% dos brasileirinhos menores de 12 meses usam chupeta. A região Sul possui o maior índice com 50,6%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: