Ching ling

Estadão

03 de agosto de 2009 | 12h25

De acordo com a Receita Federal, as apreensões de mercadorias no Porto de Santos chegaram à marca de R$ 163 milhões no primeiro semestre do ano. Supera em 106% o resultado obtido em 2008. Foram apreendidas 56 toneladas de roupas de frio, produtos que iriam abastecer o comércio das Ruas 25 de Março e José Paulino, em São Paulo, paraíso dos sacoleiros. Os produtos eletrônicos e de informática lideram o ranking de apreensão, seguidos de óculos, relógios e tênis. A imensa maioria dos contêineres, 95%, tem procedência da China.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.