Caso Alstom

Estadão

01 de setembro de 2009 | 12h26

Uma testemunha cita em depoimento ao Ministério Público Federal como seria o suposto caminho do esquema de propinas envolvendo as empresas Alstom e Siemens para políticos do PSDB em São Paulo. Essa história foi publicada na revista Carta Capital. Há detalhes que vão deixar muita pena em pé. Essa pessoa, do alto escalão da multinacional francesa, falou em um empresário, dono de consultoria internacional, que seria a chave do esquema. Esse empresário que atua em São Paulo aparece como doador oficial, com registro no Tribunal Eleitoral, para um então candidato a governador tucano. Essa última parte da história não está no depoimento nem na reportagem da revista.