Capital do bichinho de pelúcia

Estadão

19 de maio de 2010 | 15h45

A cidade de Tabatinga, com 15 mil habitantes no interior paulista,  já foi chamada de “Princesinha da Laranja” e pode ser declarada a “Capital do Bichinho de Pelúcia, Acessórios Infantis e Enxovais para Bebês” do Estado de São Paulo.

Os 15 mil moradores no município, a 330 quilômetros da capital, vivem clima de guerra com a China. Nos últimos seis anos, a economia de Tabatinga é sustentada pela produção de bichinhos de pelúcia. São 32 fábricas que fazem mais de um milhão de peças todo mês e geram cerca de 2 mil empregos.

Os fabricantes reclamam da concorrência desleal dos preços baixos dos produtos chineses. Um projeto de lei que declara a cidade como o centro do bichinho de pelúcia espera votação na Assembléia Legislativa. A proposta é do deputado José Bittencourt (PDT).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.