Vila Olímpia vai ganhar ‘floresta de bolso’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vila Olímpia vai ganhar ‘floresta de bolso’

Neste sábado, voluntários vão plantar 80 mudas de árvores em terreno do bairro

Edison Veiga

11 Março 2016 | 17h09

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

Neste sábado (12), São Paulo vai ganhar sua primeira “floresta de bolso”. Um grupo de voluntários se prepara para plantar cerca de 80 mudas de árvores e arbustos, todos nativos da região, em canteiro na esquina da Avenida Hélio Pellegrino com a Rua Clodomiro Amazonas, na Vila Olímpia.

“Nesse local, ficava a mata ciliar da beira do Rio Uberaba (hoje canalizado sob o asfalto da avenida), que será recriada pela primeira ‘Floresta de Bolso’ pública da cidade”, informa a jornalista Claudia Visoni, conselheira voluntária do Meio Ambiente da Subprefeitura de Pinheiros. “O plantio acontecerá em esquema de mutirão durante a aula prática do curso de paisagismo ecológico que o botânico Ricardo Cardim ofereceu a convite do Conselho de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz (CADES) da Subprefeitura de Pinheiros.”

Apoiado pela Subprefeitura de Pinheiros, o evento tem a participação dos coletivos Novas Árvores por Aí e Muda Mooca. A empresa Farah Service, apoiadora da ação, será encarregada da manutenção do espaço. O plantio começa às 10h, aberto a quem quiser participar.

A Floresta de Bolso é uma técnica desenvolvida pelo botânico Ricardo Cardim. “Concentra grande biodiversidade e massa arbórea numa pequena área, e é uma solução ambiental importante para a cidade, pois combate ilhas de calor, umidifica e purifica o ar, preserva espécies vegetais nativas ameaçadas de extinção, resgata a biodiversidade local e fornece abrigo para polinizadores e pássaros”, diz Claudia. “Além disso, transformará um espaço que atualmente é árido num local agradável para a população frequentar.”

Mais informações na página criada no Facebook para o evento.

Mais conteúdo sobre:

Meio AmbienteSão PauloVila Olímpia